Nova fachada … nova vida !

Agora, o caminho que leva até a porta indica as ” pisadas ” e as pedrinhas suavizam a chegada.

A nova entrada, bem definida, é o portal que leva a intimidade e que, ao mesmo tempo, impõe limite.

De dentro há o controle sobre a rua e a privacidade é preservada pelas janelas tipo seteiras.

Arcos e grades deram lugar a leveza e liberdade, com segurança.

Transformar deu nova vida e a família esta muito bem, obrigada !

O resto … é sonho !

“O grande milagre da existência é que você em si já é um grande milagre. O nosso mundo moderno cria artifícios que nos fazem acreditar que existem lugares para alcançarmos ou patamares físicos ou espirituais para atingirmos, sempre nos colocando em movimento a fim de estarmos constantemente fazendo coisas. Esta distancia entre o que eu sinto que sou e o que eu gostaria de ser cria a ansiedade patológica que muitos experimentam. A aspiração em ser feliz nos deixa infelizes, assim como qualquer meta física ou mística cria um ponto afastado de nosso centro, criando um passado e um futuro, subtraindo-nos da experiência do presente.
As tradições tântricas nos ensinam que já estamos perfeitos assim como estamos. A consciência deste estado de perfeição cria um silenciamento e uma quietude de onde advém o estado de gratidão e bem aventurança.
Então aprecie-se, delicie-se e sinta-se já neste exato momento o desejo de Deus para si mesmo. Esqueça os caminhos, as metas, as complicações. Respire e seja feliz AGORA que é a única realidade.
O resto… é sonho.”
(Ananda Prem)

… mas se houver necessidade de um profissional para cuidar da harmonia do seu espaço, o “briefing ” se transformará num projeto, que apesar da concretização estar num ” futurinho próximo “, para o arquiteto ou o designer será seu melhor momento presente, projetá-lo !

Delegue e liberte-se da ansiedade !

Encerrando Ciclos

Da linha … eles falam de mudanças através de palavras elaboradas, eu gosto de falar através de imagens, segue parte do texto da psicologa e colunista colombiana Glória Hurtado, Encerrando Ciclos e imagem do Antes e  Depois … e após reforma, o atual Showroom de Monica Di Creddo.

“Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos – não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.(…)

As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração – e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto, às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.(…)

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.”

Paz em uma só voz !

Que os altares de todos os lares e lugares

Alimentados de compaixão, independente da religião

Possam emanar intenção de compreensão

Na paz que brota aqui, no meu coração

E em ti, no bem e na luz de nossa união

No elo que já se faz de ser o belo

Há de espalhar sementes

Há de contagiar e selar o amor.

Foto do altar aqui de casa com presentes de amigos queridos, de egregoras espirituais diferentes, porém, que em uma só voz emanam o Bem, o Belo e a Luz !

Eu sou grata !