Qualidade do ar

 Quando se fala em Geobiologia logo pensamos que se trata apenas do estudo de energias telúricas como águas subterrâneas, falhas geológicas, linhas Hartmann, Curry e de ondas eletromagnéticas  que necessitam de certas soluções para que possamos viver, em nossas habitações, de forma saudável. Mas, segundo Allan Lopes, no seu curso de Geobiologia  que está acontecendo em São Paulo nesses dias 28,29,30 e 31 de janeiro, a qualidade  interna do ar  também é um dos fatores de extrema importância, assim como a Luz e o Som.

A casa, como um ser vivo necessita de oxigênio e de renovação do ar  e que por mais que se tenha usado materiais de construção mais conscientes, levando em conta a liberação de toxinas liberados por cola de carpete, papel de parede e outros materiais artificiais, outros elementos são responsáveis também por liberações de toxinas como ar condicionado, eletrodomésticos ( impressora e fax ), material de limpeza e até o suor do nosso corpo.

As soluções, além de  abrir a janela para circular o ar, ( mesmo que esteja voltada para uma rua movimentada, tendo o cuidado de arejar pela manhã, com menos movimento de carros ou após uma chuva ), usar ionizadores, aumentar a taxa de renovação do ar condicionado, usar ventilador para movimentar energia em local estagnado ( depósito ) e o uso de plantas.

Segundo estudo da Nasa, uma plantinha que colocamos sobre a mesa é capaz de renovar 3 metros cúbicos do ambiente !  Neste exemplo da ilustração temos o  Lírio da paz  que é capaz de absorver o benzeno, xileno, amônia e o fomoldeido, filtrando o ar de selantes, colas, vernizes, tintas, produtos de limpeza, jornais e impressos e fumaça de cigarro … então vamos aproveitar a dica é curar nossas casas !

Viva as Plantas fora e dentro de casa !!!

Amistosidade

A  Árvore da Felicidade, segundo a tradição oriental, traz sorte e alegria a quem as cultiva e é formada por dois arbustos de espécies diferentes, o “macho” possui folhas mais largas e escuras e a ” fêmea ” é um pouco menor, com folhas finas e claras.

 Neste apartamento, os dois arbustos, além de proporcionarem beleza e purificar o ar, representam o Relacionamento no mapa do Feng Shui e compõe  juntos uma Unidade, apesar de cada um se erguer individualmente, cada qual enraizada no solo, em sua própria conexão com a terra.  Um ótimo exemplo, porque formam um lindo par e são independentes.  ” Não existe nenhuma ansiedade na ligação entre eles, nenhuma carência, nenhuma vontade de transformar o outro em alguma coisa diferente …”.

 Observamos que os relacionamentos são feitos de inúmeras concessões, então, as vezes, acontece de um deixar de fazer algo que lhe agrada pelo outro, para não causar um descontentamento, mas espera que o outro também possa ceder em alguma condição semelhante e isso no final gera muita frustração, principalmente quando um grande potencial é podado, seja por ciúme ou por falta de entendimento.

Meditar sobre a Árvore da Felicidade significa “ uma prontidão para entrar na qualidade de amistosidade … e poderá notar que não está mais interessado nos diferentes tipos de dramas e romances em que as outras pessoas estão empenhadas … é o surgimento de uma disposição de espírito mais elevada, mais carregado de amor, nascida de uma sensação de vivenciamento pleno. É o surgimento de um amor verdadeiramente incondicional, sem expectativas ou exigências. “

Texto baseado na carta AMISTOSIDADE do tarô do Osho.

Verdade

” O Conhecimento quando revelado

Tal como a chama de uma vela

Inflama e desperta Iluminado

E finalmente o oculto se desvela

 Estava dentro e não se via

O temido guardião ignorância

De toda forma o impedia

Ousava e pousava de arrogância

 Mas eis que a luz do meio dia

Naquele instante sem sombra alguma

Quando somente iluminados havia

O Conhecimento mudou as pessoas uma a uma

 Quando surge a Verdade a mentira deixa de existir

O Conhecimento de Si Mesmo pode mudar o mundo

Dê mais um passo no Autoconhecimento e pare de mentir

Pra Realidade se manifestar é preciso ir fundo

 Quem não conhece está domesticado pelo sistema

Ignora tudo inclusive quem realmente ele é

Como marionete acredita ter uma vida plena

Entretanto marionete é só o que ele é

 Para ser o verdadeiro Eu Sou

É preciso viver o que realmente se é

E não o que o sistema planejou

Viver a real história de cada Ser é ser o que se é

 Assim o oculto que está dentro guardado se revela

Desabrocha como se estivesse estado sempre ali

Iluminado o Conhecimento é a Luz de uma Vela

Que está iluminando nossas vidas agora e… aqui ” 

Autor : Uan (O Contador de Estórias)

Contemplar- O 1° de 2013 !

Ativar a visão para ver além da matéria,

mas nada tão profundo assim !

Ativar a visão para ser um com o objeto mirado,

para ser também mais de um,

com o conjunto que compõe o espaço admirado.

Ativar a visão para luz, para sombra, para cor

e quem sabe até ativar a visão nos outros sentidos

e enxergar o perfume, o sabor, a textura.

Ativar a visão para ver além,

sentindo a intenção dos encontros,

saboreando os dizeres da alma

de quem dispõe os objetos e

escuta seus pensamentos mais sublimes,

criando um cenáro único.

Ativar a visão para contemplar e vivenciar

a encenação da vida no caminho da perfeição.

Lindos cenários são criados com objetos de decoração da loja ” Arte Zen “, localizada em Gonçalves (MG ), que inspiraram esse poema. Interessante observar a parede construida com a técnica de  ” pau a pique ”  com acabamento lixado, aparecendo parte do bambu.