Deixa fluir …

Estou em paz agora !

Quantas vezes não nos sentimos à vontade em determinado lugar, que apesar de acolhedor, não promove a nossa permanência. No caso do ANTES da varanda da ilustração, apesar da bela paisagem frontal, algo impedia o relaxamento.

 Se pudermos imaginar a energia como uma flecha e um espaço livre para atuar, podemos sentir sua força, observando um percurso que começa no ponto zero, na rua por exemplo, não encontra portão ou um caminho sinuoso, pega velocidade e bate de frente com o ser que só queria descansar na rede.

A proposta … o DEPOIS , foi optar por uma solução simples e econômica, criando uma barreira na lateral da varanda, com uma esteira da casca de bananeira e completando com vasos, bancos de madeira e um pendente de libélula com cristal para arrematar.

Além de cortar a veloz  energia que vinha da rua, propiciou mais privacidade. Agora dá para deitar na rede e ficar em paz !!!

Sinto muito, me perdoe, eu te amo, eu sou grato !

Sinto muito, me perdoe, eu te amo, eu sou grato!

Que possamos dissolver as mágoas e todos os sentimentos negativos que nos unem negativamente as pessoas.

Que esse mantra possa ser um bálsamo de liberdade e que possamos ter essa consciência, sem mesmo raciocinarmos nas palavras.

Que o amor seja a linguagem de comunicação na terra e que eu não precise de um alerta de perda ou da própria para lembrar disso.

Sinto muito, me perdoe, eu te amo, eu sou grato !

Para lembrarmos que tudo aquilo que nos incomoda no outro tem uma ligação de sintonia conosco e que ao reconhecermos em nós, podemos queimar e transmutar, libertando as teias de cargas pesadas em nosso corpo que geram estresse, depressão e doenças.

Que esse fogo físico dessa ilustração, ainda em projeto, ( mesa com o equipamento de lareira ecológica embutida ) possa representar o fogo que arde sem consumir, transformando em luz  as energias discordantes em  nós agora, enquanto lemos este post.

 Assim seja … Assim é !!!

O berço Brasil

Nesse ambiente fica explícito a reverência pelo Brasil com direito à bandeira estilizada e ao uso da cor amarela em uma das paredes fazendo o destaque.

Muitos, pelo contrário, maldizem, questionando a política, a segurança, as condições sociais … mas, particularmente, gosto sempre de focar na sintonia do bem, do belo, da luz, da alegria, porisso, neste momento de Olimpíadas é nobre destacar os nossos esportistas: Arthur Zanetti, Sarah Menezes, Thiago Pereira, Robert Sheidt, Bruno Prada, Cielo, Adriana Araújo, Esquiva Falcão ( até dia 7/8/12 ) e tantos outros  que com o ouro, prata e bronze estão mostrando que  a determinação, disciplina e garra também fazem parte da nossa cultura.

Os espiritualistas dizem que o Brasil será o berço da nova raça, com perspectivas de paz e unidade,  por nossa conexão com a luz e por sermos um país de pessoas que, apesar de tantas adversidades, nunca perdemos a fé num mundo melhor.

Eu acredito !