Vestido para uma nova dança !

Esse  foi vestido novamente ! Para um ar mais moderno e renovação do ambiente o cliente doou sofá, mesa, cama, tapete, tv e com exceção das cadeiras que foram pintadas e da mesa lateral, tudo é novo nesse apartamento.

Todos os revestimentos foram trocados e projetamos os móveis com alguns detalhes em madeira, mas em sua maioria acabamento em laca branca e espelhos em lugares estratégicos para ampliar o espaço de 45 m2, composto de quarto, banheiro, varanda e  cozinha acoplada à sala.

No impulso de renovar a casa, uma nova vida surge, mais leve e com essa consequente virtual ampliação de espaço, surge também uma nova expansão de consciência … livre para uma nova dança !!!

Mais fotos do Antes e Depois

no images were found

Na corrente do tempo

” Primeiro há um final, e então um começo, com um importante tempo de repouso entre eles. Essa é a ordem das coisas na natureza. A queda das folhas, o inverno, e então o verde emerge novamente do bosque seco e marrom. Os assuntos humanos fluiriam em canais semelhantes se fossemos mais capazes de nos manter na corrente ” ( Willian  Bridges )

Manter na corrente ?

A ansiedade é uma grande opositora nessa questão ! É importante perceber como respeitar as etapas faz parte do ciclo natural, independente da loucura que o mundo de hoje nos impõe.

Faço um paralelo com o meu trabalho, seja na elaboração de um projeto, na execução de uma obra ou no resultado da aplicação do Feng Shui. Sabemos da expectativa de quem nos contrata, porém, por experiência, entendemos que : ” quando se age irrefletidamente em oposição ao destino, o sucesso não será atingido ” ( frase extraida do hexagrama Inocência do I Ching, a última linha ). Há tempo para silenciar, há tempo para intuir, há tempo para sintonizar com o outro … e esse processo faz o projeto ser mais acertivo. Há tempo para visualizar e experienciar o espaço virtualmente, tirar dúvidas, perguntar e tudo isso já está fazendo parte do construir, do lapidar, mesmo ainda não sendo concreto.

Enquanto o projeto é elaborado, o campo etérico e seus elementais preparam energeticamente o espaço para que a transformação desejada não agrida a antiga forma e a adaptação seja feita no tempo certo. Esse ensinamento está na vida, de diversas maneiras … é só ter olho para ver além da forma.

Foto : Tati Galante do álbum Vidinha Boa

Feliz Relacionamento !

Sou o bem , o belo e a luz,

… sou completo, pleno.

Construi minha individualidade,

… sei o que quero,

… sei o que gosto,

… sou livre,

… sou amor !

Meu coração transborda essa virtude

… sou compaixão !

Agora posso compartilhar com o outro.

Esse poema decreto é inspirado na percepção de que um relacionamento equilibrado se faz primeiramente trabalhando consigo.

No feng shui existem várias áreas (guás) que estimulam esse lapidar e no guá do relacionamento podemos intensificar com a cor rosa/vermelho ou dispondo objetos em par ou com o simbolismo da foto demonstrando a feliz união. É uma forma simples mas os objetivos são bem mais profundos e interligados com todos os outros guás.

A busca da individualidade e da liberdade é a força que impulsiona a extração da capacidade de ser pleno, desapegado, destemido. É  lógico que um processo… é uma reconstrução…  é um desbloquear de padrões rígidos impostos pela sociedade e pela literatura romântica que dificulta a possibilidade de ouvir a intuição para criar o próprio discurso,  seguro de escutar o próprio coração.

O padrão limitante se faz presente, se tornou um hábito, uma forma “segura” de se relacionar, num jogo de ganhos e perdas de energia, baseado, muitas vezes, no “ alimento” da sedução, disfarçado de vítima ou de dominador, prendendo e criando dependências, impedindo o outro de crescer e descobrir suas próprias potencialidades, sua verdadeira atuação nesse jornada que é a vida.

O relacionamento amoroso de fato, seja do casal, seja com filhos e amigos deve ser baseado na compaixão, ou seja, na capacidade de expandir o amor sem impor condições, desapegado de formas equivocadas de “ganhos” de energia para fortalecimento do próprio centro, fonte inesgotável de amor.

Feliz dia dos namorados !!!

Guá dos amigos

Quando pensava que já sabia tudo sobre mim…

que já havia percorrido e vivenciado meu plano Divino

… eis que surgem novos desafios…

se o despertar foi em viagens…

com novidades …

se transmutou em verdade …

com coragem …

só sei que nasceram com os auxilio dos meus amigos.

O guá dos Amigos ( Feng Shui ) pode ser intensificado com imagens de seres que nos ajudam ou expondo objetos comprados em viagem ou ainda utilizando a linguagem dos números que neste caso é o  6, como mostra a ilustração, compondo neste exemplo com garrafas reutilizadas para esse fim.