Colhendo talentos

Plantamos … mas desta vez não foram mudas de manjericão, hortelã, pimenta e alecrim que adoro colocar em vasos nas varandas gourmet que tenho decorado …  como nesta foto do post .

Plantamos … e quando digo plantamos no plural é porque muitos jardineiros estão envolvidos no “jardim” que estamos executando. Engenheiro, arquiteto, empreiteiro, pedreiro, ajudante, serralheiro … e todos estes profissionais, além da aptidão para o cargo que ocupam, também tiveram seu talento descoberto pelo olhar … que também mora no coração, da sensível proprietária e também facilitadora de relacionamentos Fatima Lee, cliente e amiga querida.

Estamos construindo o seu Espaço Matrix, já citado no post deste blog e a obra tem sido um apreendizado para cada um dos envolvidos, já que cada trabalhador tem seus talentos reconhecidos e simbolicamente plantados num vaso com uma plaquinha com os dizeres da sua qualificação. O Fernando da empresa Francarelli Rodrigues plantou PRATICIDADE, o empreiteiro Acácio SENSIBILIDADE, o pedreiro William FORÇA,o ajudante Adelmo ALICERCE, o serralheiro Cícero da Loart plantou TRANSPARÊNCIA, o Sandro da Bambu Kanela LEVEZA … eu plantei  HARMONIA … a Fátima CRIATIVIDADE, mas também poderia ser PERCEPÇÃO para Caçadora de Talentos.

Acreditamos que sementinhas foram plantadas em cada um de nós, basta regar, cuidar com amor, integrá-las harmoniozamente no jardim e  esperar para colheita dos frutos.

Veja fotos de alguns jardineiros e da nossa plantação :

no images were found

“Inserindo a edificação na paisagem”

Para melhor implantar um espaço lazer ( cozinha integrada à sala de lareira, refeições e jogos + piscina) num terreno com residência  pré fabricada  já existente e com vista privilegiada para serra do Japi (reserva de Biosfera da Mata Atlântica) estamos usando nossos conhecimentos de Feng- shui, aliado a pesquisa no livro Feng Shui – Arquitetura Ambiental Chinesa do arquiteto mineiro Carlos Solano.

O capítulo ” Inserindo a edificação na paisagem ” diz :

” No abraço do Dragão com o Tigre ( como se, comparativamente, fosse a articulação do cotovelo no encontro do braço com o antebraço) situa-se a casa. Este lugar, denominado ponto, não deve configurar-se como uma linha de escoamento de água de chuva. A casa deve implantar-se a meia altura entre a base e o cume da montanha. (…) As residências não devem ser localizadas na parte baixa dos vales, porque ficam sujeitas a maior umidade, sombra e inundações. A casa deve ficar resquardada ( especialmente por detrás), nunca exposta a ventos fortes pela localização em picos ou cumeadas, nem situada contra penhascos e vertentes áridas e sem vegetação. A proximidade excessiva dos cursos d água deve ser evitada, sendo desejável uma extensão de terra entre a casa e a água. Quanto mais próximo da residência estiverem um lago ou represa, menores devem ser, em escala – caso contrário, trazem umidade e friagem para o lugar. Na planície a casa deve ser implantada dentro da curva do rio, pois toda a matéria fértil – e o sopro do Dragão das Águas – deposita-se nesse local.É importante lembrar que, caso a paisagem natural não seja adequada, é possível construir as condições ideais através de vegetação, acúmulo de águas, ou estruturas que representem os quatro animais celestes. “

… vamos projetar … mãos à obra  !

Novo “momentum” = Nova cara

Apreendemos, projetando interiores, que o que o contratante espera para sua casa é o reflexo da sua vida com alguns toques ousados do que ele projeta para seu futuro, como seus sonhos,objetivos e evolução.

Se, ao projetar, oferecemos algo que vai além dos limites do cliente e aqui não estou falando do financeiro, mas de possibilidades espaciais, a princípio não são aceitas de imediato, exigem um certo tempo … às vezes anos … até para acomodar e materializar o “momentum” de vida presente.

Mas o tempo passa, a vida ensina, e as paredes que fecham e escondem, querem agora ser derrubadas, conforme nossa sugestão antiga e transformar… permitindo novas oportunidades, libertando velhos padrões para chegada do novo.

Essa ilustração acima mostra um conceito de espaço projetado há 7 anos, ainda muito atual e bem aceito por mim e pela minha cliente e amiga querida, porém com o advento  de novas tecnologias e abertura de consciência para uma vida com mais liberdade de expressão e interação, estamos propondo uma nova cara para este espaço … para um novo “momentum” … para esta nova vida que ora se inicia. Sabemos que em breve esta ilustração será só um retrato neste post (estamos projetando o novo espaço que em breve estará registrado aqui – ANTES E DEPOIS) … porisso, sem parecer apego … quero deixar registrado este espaço bonito, acolhedor e cheio de amor.

Personalizado e musical

Reformamos este apartamento para torná-lo mais aconchegante e com a personalidade dos novos moradores, uma mulher “descolada” com um casal de filhos. Seu filho adolescente, ao conhecer o apartamento, antes da sua compra, gostou muito da mesa de som com sua aparelhagem, fazendo com que o  antigo proprietário “abrisse mão” … com um bom artifício de venda.

Sendo assim, a nossa função foi modernizar, demolindo o antigo bar e criando um móvel com um design mais moderno para os equipamentos, bem como para adega, um local fechado para copos, nicho para garrafas e gavetas para Cds e Dvs. Utilizamos as prateleiras já existentes do antigo bar para peças de decoração e porta-retratos.

A pequena, porém disputada Sala de lareira e TV, recebeu painel de demolição para Tv de plasma de 32 ” com espelho nas laterais para ampliar o espaço e chaise dupla para desfrute do aconchego.

Veja fotos do ANTES e do DEPOIS :

no images were found