Transformar para ser

Esta foto ilustra a transformação que aconteceu no campo físico e no etérico também. Este espaço já foi um barzinho, quando projetado há 12 anos para cumprir esta função. Há alguns anos ele não condizia mais com a proposta da casa, reconhecendo a necessidade de um design mais atual e principalmente contando que na filosofia do feng shui o guá da prosperidade está em parte nesta área.

A proposta do projeto teve o objetivo de trazer nova vida à sala, quando criamos um painel com madeira de demolição para instalação de uma tv de plasma que tem como função principal ser um grande porta retrato de 42″, cuja tela projeta imagens de paisagens bonitas, de momentos felizes em familia, com amigos e de viagens. O espelho instalado ao lado duplica energeticamente a felicidade dos encontros e dos momentos prósperos.

O piso elevado, também de madeira de demolição, tem três funções, esconder o antigo piso de mármore travertino que contornava a bancada do bar, ser um banco para duas pessoas e um palco para promover encontros musicais.

Veja foto do Antes e do Depois :

no images were found

Trigrama Trovão

O Trovão ( Chên ), ou o movimento do céu, desce à Terra e desperta a natureza.Chên indica o início da Primavera, da estação chuvosa e do ciclo de crescimento das sementes. Indica também o Leste ( onde nasce o sol ), a potencialidade latente em todos os seres, a jovialidade, a iniciativa, a atividade, a velocidade, a agilidade e a força que irrompe das profundezas da Terra. Por representar o princípio da criação, Chên corresponde à primeira camada de ancestralidade da nossa linhagem familiar ( ao Pai e a Mãe ), sendo por isso traduzido com Família ou Passado no Feng Shui contemporâneo. Relaciona-se ao filho mais velho, ao número 3 a ao elemento Madeira.

( Feng Shui- Arquitetura Ambiental Chinesa – Carlos Solano)

Na ilustração acima temos um painel de madeira com o trigrama Trovão em baixo relevo, representando e intensificando o guá da Familia, com o objtetivo de, energeticamente, desbloquear hábitos errôneos que trazemos na nossa bagagem ancestral, bem como valorizar as sementes qualificadas que carregamos em nosso “DNA”.

Ofurô

 Ofurô é um tipo de banheira feita no Japão caracterizada pelo seu formato bem mais profundo e curto que uma banheira ocidental, permitindo a seu usuário tomar banho com o corpo em posição fetal – suficiente para que a água cubra os ombros de uma pessoa sentada. A temperatura da água que deve estar entre os 36 e 40ºC, pode ser utilizada por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Os banhos de imersão no ofurô constituem autênticos rituais familiares no Japão. O objetivo não é lavar o corpo. Aliás, quem entra num ofurô deve lavar-se e enxaguar-se previamente. A água pode ser reutilizada.
Comumente essas banheiras são feitas em madeira (no Brasil, a mais utilizada é o cedro-rosa), existindo também modelos de acrílico, fibra de vidro e outros plásticos apropriados. Não se fazem de alvenaria, pois a higiene é fundamental. A água é aquecida por ebulidor elétrico ou, ainda, aquecedor a gás.
Os benefícios dos banhos de imersão para a saúde são muito grandes: além do relaxamento, que alivia estresses de toda natureza, destacando-se, entre inúmeros benefícios milenarmente constatados, limpeza de pele, reequilíbrio hormonal (pelo estímulo glandular causado pela água aquecida) e desintoxicação muscular.

A ilustração acima é de um projeto que estamos realizando, na qual a cliente conhece os benefícios do banho de ofurô e não abre mão neste novo apartamento.

Fonte : Wikipedia

Símbolos e suas influências

” É nos símbolos e através dos símbolos que o homem consciente ou inconsciente, vive, trabalha e tem o seu ser … “

Henry Inn

” A cor é a alma da natureza, a alma de todo o cosmo. Nos tornamos parte desta alma, quando experienciamos a cor “

Rudolf  Steiner

todo edifício … é a projeção de um arquétipo provindo do subconsciente humano para o mundo exterior. As cidades, os templos, ou mesmo as habitações podem se tornar um símbolo da totalidade psíquica, um microcosmo capaz de exercer uma influência benéfica sobre os seres humanos que entram no lugar ou que aí vivem … “

Y.F.Tuan

Estas frases destes sábios homens reforçam a filosofia do Feng Shui.

Acredito na linguagem dos símbolos e das cores atuando no ambiente e promovendo harmonia e equilibrio, baseado em outro símbolo, um octógono denominado baguá que é posicionado sobre a planta da casa e atua em oito áreas da vida : trabalho, conhecimento, família, prosperidade, sucesso, relacionamento, criatividade e amigos.

O baguá pode ser posicionado sobre a planta do quarto ( ver ilustração do post do quarto da filha que mora com os pais) para individualizar as energias circulantes da pessoa que ali dorme, independente do guá que já é posicionado sobre a planta da casa  que objetiva harmonizar seus moradores como um todo.