Reflexo

Quem é esse que faz ser, sem ser ?

Misterioso, intrigante … ele faz crescer.

Tua presença me faz ver …

oque quero e o que não quero ser.

É mestre de criar mais um

e nesta ferramenta de magia …

posso me esbaldar e ser dois também.

Eu e você nos multiplicamos …

de passagem … somos efémeros virtuais.

 Mas posso abusar da imobilidade do ser …

e virtualizar o objeto de ser … beleza e luz .

Quarto projetado para integrar

CAPAA revista Projetos para quartos da editora On line, publicou um quarto projetado pelo nosso escritório há mais de 12 anos.

 Neste projeto, não houve um ” design de interiores ” super elaborado como normalmente trabalhamos em espaços reduzidos, onde tudo necessita ser detalhadamente desenhado para compor com todas as necessidades do contratante, de maneira organizada e harmoniosa.

Neste caso, a arquitetura do quarto teve a intenção de integrar o banheiro, para desfrutar banheira e jardim ( com possibilidade também de privacidade, quando necessário), terraço para desfrutar o jardim externo e uma sala de meditação e práticas espirituais com acesso por uma escada Santos Dumont.

Abaixo páginas do projeto na revista :

no images were found

Mesa Carlamago

 Esta mesa nasceu com a missão de ser versátil ! Com nome de batismo Mesa Carlamago, ela possui 4 módulos de 50 x 50 x 35 cm, que podem ocupar posições diferentes formando diversos desenhos, conforme ilustração abaixo.

Ela pode ter uma configuração mais formal, fechada na lateral ou aberta, dando uma caracteristica descontraida, onde é possível fazer as refeições ou um jogo, sentado num futon ou numa almofada.

O acabamento na foto é em laca branca com detalhe em acrílico, tendo sob o mesmo, jogo de tecido 15 x 15 cm, neste caso com estampa floral azul.( preço sob consulta )

Designer : Carla Malieno Gomes/ Marcenaria : Seval

no images were found

A pessoa e a sala

“Atualmente as pessoas, em sua maioria, perderam o instinto daquilo que realmente gostariam de ter à sua volta, na sala e na casa. ‘ Gostam as pessoas de exibir seu esplendor, não porque o queiram, mas porque carecem de originalidade e, além do exibicionismo, vêem- se perdidas quando querem inventar outra coisa’, afirma Lin Yutang. E complementa : ‘o encanto de uma casa está na familiaridade e individualidade. Entendo que a familiaridade é mais importante que a individualidade. Porque por mais pretensiosa que seja uma casa, sempre há uma sala particular que o dono prefere e na qual vive realmente, e tal sala é invariavelmente pequena e sem pretensões, desordenada e familiar e de boa temperatura “

Devemos ter coragem de recusar os modismos e estilos, os conceitos e valores dos outros, a vontade de impressionar as visitas, e criar um espaço que seja a expressão de nossa vida, de nossas histórias e inclinações, apresentadas abertamente pelo ambiente. Para tanto, devemos possuir apenas objetos significativos, descartando-nos daqueles que não mais desejamos e que não nos dizem nada.

É fascinante entrar em um espaço onde reina uma atmosfera de familiaridade, um lugar que nasce diretamente da nossa vida, das coisas que nos importam, das coisas que nos dizem algo.”

Fonte : Fenf Shui – Arquitetura Ambiental Chinesa ( Carlos Solano )