Telhado verde

“… Cidades com elevado grau de urbanização, como São Paulo e Rio de Janeiro, possuem grande concentração de asfalto e concreto, pouca quantidade de verde e alto índice de poluição atmosférica, resultando nas chamadas ilhas de calor, em que as temperaturas aumentam e a umidade relativa do ar fica mais baixa. O recurso para amenizar esse efeito indesejável e danoso ao meio ambiente é reduzir as superfícies escuras, que absorvem calor, substituindo-as por superfícies claras, capazes de refletir a energia solar que incide sobre elas, ou por coberturas verdes. Tanto um quanto o outro elemento não só atendem com eficiência a esses objetivos, como contribuem para a redução do consumo de energia.

Um dos efeitos positivos dos telhados verdes é o aumento da umidade relativa do ar na microrregião em que está instalado, uma vez que a raiz da planta, ao absorver a água, libera vapor para a atmosfera. As plantas também retiram partículas em suspensão no ar, o que torna muito mais agradável o ambiente, como se pode verificar em parques e espaços arborizados. Outro benefício diz respeito à fotossíntese, uma vez que a retirada de gás carbônico do ar ajuda no combate ao aquecimento global. Segundo o engenheiro agrônomo Sérgio Rocha, diretor técnico do Instituto Cidade Jardim, fabricante de telhados verdes com sede em Itu, SP, para cada 10 mil metros quadrados desses elementos instalados é possível sequestrar cerca de 50 toneladas de carbono… “

Fonte : Arcoweb

Apesar da instalação exigir cuidados, principalmente com a impermeabilização da cobertura , vejo com bons olhos a implantação deste sistema, pois além de deixar a cidade mais bonita e saudável, contribui para o conforto térmico das edificações, gerando uma economia de energia com o uso do ar condicionado, bem como diminuindo a poluição atmosférica.

Outro fator importante é que as plantas retém a água da chuva e vão liberando gradativamente em forma líquida e gasosa, através de condensação na atmosfera, evitando o acúmulo rápido da água, como vem acontecendo com as enchente.

Trigrama

O mapa do Feng Shui, denominado baguá é composto de 8 guás, cada guá possui características próprias, referentes a composição do seu trigrama.

Trigrama são estruturas formadas por 3 linhas, compostas por linhas cheias (yang) e linhas partidas (yin) e foram adotadas por vários estudiosos do I Ching ( Livro das Mutações), onde estão contidos as sementes da cultura e da sabedoria chinesa.

Alguns exemplos dos trigramas, no baguá :

No guá do Trabalho, temos uma linha cheia no centro e  linhas partidas nas extremidades e representam o elemento água, o inverno, o n° 1 e a nossa missão nesta vida.

No guá do Sucesso, temos uma linha partida no centro e linhas cheias  nas extremidades e representam o elemento fogo, o verão, o n° 9, a expansão e a realização.

No guá dos Amigos, temos 3 linhas cheias que representam o céu, o elemento metal, o n° 6 e a realização de todas as coisas em um ciclo futuro, com a ajuda dos benfeitores ou “amigos”.

Na foto acima, intensificamos o guá dos amigos com um quadro de trigrama e ressaltamos o elemento metal no acabamento da peça.

Janelas

… a vista da paisagem emoldurada pelas janelas estabelece um diálogo com a nossa intimidade.Janelas que abrem para vistas indesejáveis ou muros provocam um estado piscicológico associado a  ansiedade e fadiga, pois, de acordo com a medicina chinesa, bloqueiam o meridiano do coração. Nesse caso, a correção indicada é criar um outro ponto de interesse visual diante delas. Muitas vezes necessitamos realmente nos isolar de uma determinada paisagem, através de persiana, cortinas, vegetação ou mobiliário. (…) As salas, por seu caráter de convivência e comunicação, podem receber aberturas maiores e proporcionar vistas panorâmicas mais intensas da paisagem. Os quartos, devido ao caráter mais intimista, devem possuir aberturas menores e vistas mais tranquilas do entorno.

As vezes, as janelas conseguem esquecer a sua função prática e recuperam o seu sentido original: tornam-se o caminho da luz e revelam atributos divinos. A luz filtrada por folhas de uma árvore, por um vitral, ou emoldurada pode proporcionar uma verdadeira experiência estética. Evidencia algo que não podemos ver ou tocar, mas que dá consistência e verdade a essas imagens.”

Fonte: Feng Shui- Arquitetura ambiental chinesa – Carlos Solano

Calçadas permeáveis=Solução para enchentes

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=6BjtcCG7Qc8&feature=player_embedded[/youtube]

É bom saber que temos soluções viáveis para as inundações que acontecem principalmente no verão. As calçadas permeáveis, além de deixarem a cidade mais bonita, contribuem para que a terra absorva a água da chuva, evitando enchentes.Vamos incentivar está idéia como fez a associação de um bairro de São Paulo (acesse o video).